30 de outubro, 2008

Um mimo

Categoria: Sem categoria


Ganhei este mimo da Simone (Chocolatria) e fiquei muito, muito feliz. Comecei com a idéia do blog apenas para registrar as receitas que meus clientes pediam e não imaginava a dimensão que poderia tomar…Conheci pessoas maravilhosas na blogsfera, de países diferentes e fiquei viciada. Não sou de postar histórias, mas sempre leio à dos outros…Só gostaria que meu dia tivesse mais horas para postar mais receitas, tentar passar um pouco do que aprendi ao longo destes anos…Vou repassar este selinho para as amigas: Bia (l’amour dans l’ assiete), Lu (studio da Lú), Marcia (idéias a la carte), Eliana Scaramal (sabores da Lica),e algumas sei que já ganharam (Valéria, Andréa Donashi…)

Escrito por Marcia Rosa
27 de outubro, 2008

Feliz aniversário, amiga!

Categoria: Sem categoria


Dia 24 de outubro uma amiga querida fez aniversário. Como ela mora perto do meu trabalho, passei por lá e levei um bolinho de abacaxi que eu mesma fiz e um cartão feito à mão comprado numa feirinha perto de casa. Em tempos de internet, os cartões passaram a ser virtuais. Nada contra, mas se o tempo me permite, acho que nada substitui um abraço e um cartãozinho escrito à mão.

Escrito por Marcia Rosa
19 de outubro, 2008

Alfajores da Laila

Categoria: chocolates

Sempre tive vontade de fazer alfajor e quando vi a receita no blog da Bia, logo pensei em testá-la. A receita é simples, mas achei um pouco difícil identificar o ponto da massa depois de assado. A Bia recomenda uns 8 min., mas acabei deixando mais um pouco. No fim, acho que varia de forno para forno, mas o ideal é tirá-lo ainda macio ao toque, para não ressecar. A receita original que é da Laila pedia uma calda para molhar, eu também não usei. A única coisa que mudaria na próxima receita é colocar mais doce de leite (leite condensado cozido em panela de pressão por 25min. e aberto após resfriar bem) e deixaria a cobertura de chocolate mais fina. De resto, perfeito! Confira a receita aqui

Escrito por Marcia Rosa
15 de outubro, 2008

Idéias para festas infantis

Minha vida é ligada a festas! Sou a boleira da família, administro um restaurante e nas horas vagas organizo eventos…Abaixo, seguem fotos com idéias bem baratinhas e que fazem bonito em uma mesa de docinhos para crianças.Aqui são mini copinhos de cristal (40ml) com mini confeitos tipo MM´S (compre saco de 01kg, em loja de doces). Até os adultos pegaram para comer!
Estas forminhas estão na moda. Como o tema da festa era flores, utilizei forminhas do mesmo formato em diferentes cores para os docinhos. No centro de S.Paulo (25 de março), a caixa com 40 unidades custou R$5,90 (março/08)
Aqui é uma idéia fantástica que peguei do Buffet Fasano…Comprei no centro uns saquinhos com EVA cortado em diversos formatos e colei com cola quente em palito de dente. Aí é só espetar nos docinhos.
E não se esqueça: criança gosta de brincadeiras, pipoca, gelatina, muffins, muito colorido, sucos em caixinha, saquinho com lembrancinhas…Com um pouquinho de criatividade e disposição, dá para fazer uma festinha legal, sem gastar muito e fugindo um pouco dos tradicionais buffets infantis.

Escrito por Marcia Rosa
12 de outubro, 2008

Dia das Crianças

Categoria: bolo

As crianças mereçem!!! Tenho duas meninas, de 12 e 4 anos e todos os anos nos reunimos entre família para comemorar. O bolo eu é que faço, mas este ano fiz algo simples, um bolo recheado de mousse de chocolate preto e coberto com uma camada de creme de chocolate branco, confeitos coloridos e umas velinhas em forma de joaninha. Mas foi o suficiente para a farra ser boa!

  • Pão de ló comum:
  • 06 ovos
  • 01 xic. de açúcar
  • 1 1/2 xic. de farinha de trigo
  • 01 colher sopa óleo

Bater os ovos com açúcar por 15 minutos em batedeira. Acrescentar farinha de trigo peneirada, oleo, forno em assadeira forrada com papel manteiga por 30min., forno 180 graus.
Mousse de chocolate:

  • 300 gramas de chocolate meio amargo
  • 03 colheres de sopa de chocolate em pó (50% cacau)
  • 60 ml de leite
  • 6 gramas de gelaitina incolor dissolvida em 20 ml de agua fria
  • 03 gemas
  • 03 colheres de sopa de açúcar
  • 200 ml de creme de leite fresco
  • 03 claras em neve (uso ovo pasteurizado em pó)

Derreta o chocolate com o leite e o chocolate em pó. Enquanto isso, bater as gemas com açúcar até ficar um creme claro. Incorporar ao chocolate derretido, acrescentar a gelatina, levar para esfriar. Depois de frio, acrescentar o creme de leite batido e as claras em neve

Creme de chocolate branco

  • 150 gr de chocolate branco
  • 1/2 lata de leite condensado
  • 150 ml de creme de leite fresco batido como chantily

Derreta o chocolate com o leite condensado. Depois de frio, incorpore o chantily. Utilize gelado.
Corte o bolo ao meio, molhe com uma calda feita com guaraná+ leite condensado ( meio a meio), recheie com a mousse de chocolate preto, cubra com a outra metade do bolo e umedeça. Faça isso em uma forma desmontável ou de fundo falso. Leve para gelar. Desenforme e cubra com o creme branco. Utilize confeitos coloridos para enfeitar.

Escrito por Marcia Rosa
6 de outubro, 2008

Salmão ao molho de cenoura e coco

Este prato não fica com uma aparência muito bonita, mas resolvi colocar no blog porque o molho ficou divino!!! com arroz branco, a gente começa a comer e não quer parar mais…
Tenho sempre no freezer coco fresco sem casca, embalada à vácuo. Também costumo congelar coentro já higienizado, pois é perecivel.

  • 800 gramas de salmão em filé (se tiver com a pele e não souber tirá-la, grelhe que ela sai fácil)
  • 01 cebola roxa picada
  • 2 dentes de alho
  • 01 alho poró picado
  • 02 colheres de sopa de azeite
  • 02 cenouras descascadas e picadas grosseiramente
  • 01 coco fresco
  • raminhos de coentro
  • 300 ml de água.
  • sal e pimenta

Tempere o peixe com um pouco de sal e grelhe na panela antiaderente.
Em outra panela refogue os ingredientes com azeite e acrescente a agua. Cozinhe até a cenoura ficar macia. Se for preciso, acrescente mais água. Bata tudo no liquidificador e coe. Jogue na frigideira onde estão os filés de salmão. Acrescente o coentro e cozinhe o suficiente para encorpar o molho ( uns 02 minutos).

Escrito por Marcia Rosa
6 de outubro, 2008

Massa com filé mignon e rúcula

Categoria: massa

Sou daquelas pessoas que olha para a geladeira e mesmo não tendo quase nada dentro (como dona de restaurante minha geladeira faz vergonha!), acabo sempre conseguindo elaborar algum prato para matar a fome. Tinha em casa massa seca, um pedaço de filé mignon, um pouco de rúcula, shitake seco…pronto, os ingredientes principais estavam a salvo.
Ficou leve e os ingredientes combinaram entre sí. Muito fácil e rápido. Recomendo.

  • 1/2 pacote de massa seca
  • 200 gr, filé mignon picadinho
  • 1/4 cebola picada
  • 03 dentes de alho
  • 02 colheres de sopa de shitake seco fatiado (pode ser qualquer outro cogumelo)
  • 02 colheres de sopa de azeite
  • 01 colher café de sal, pimenta do reino
  • 100 ml de creme de leite de caixinha (1/2 caixa)
  • 01 colher de sopa cheia de requeijão light
  • rucula picada a gosto

Coloque água para cozinhar o macarrão. Acrescente um fio de azeite e sal na água. Enquanto isso, refogue a cebola, alho, filé mignon e o shitake. Quando a carne estiver frita, tempere com um pouco de sal e pimenta do reino e jogue 01 concha da água do macarrão na panela. Acrescente o creme de leite, requeijão e por último a rúcula picada. Se preciso acrescente mais água. Verifique o sal.Misture tudo ao macarrão já cozido.

Escrito por Marcia Rosa
21 de setembro, 2008

Focaccia da revista Gula

Categoria: massa

Ponto da massa já crescida.
Primeira foccacia feita. A cebola queimou nas pontas e a crosta formada no fundo ficou muito grossa. (eles pediam para colocar a cebola logo no início e forno alto)
Ao fundo a revista deste mês com a nota da receita certa, pois alguns leitores reclamaram que a receita original do mês anterior não tinha dado certo.
Minha segunda foccacia, feita com algumas alterações e ficou perfeita na textura!
O alho assado em sal grosso e papel alumínio até amaciar (uns 30 min.) Servir em prato com azeite.

Desde que a focaccia foi capa da revista Gula de agosto/2008, fiquei tentada a fazê-lo. Sorte não ter feito porque na revista deste mês fizeram umas correções na receita. Não sou de seguir receitas, mas como é algo que nunca fiz, resolvi segui-la a risca. Cheguei a conclusão de que alguns não querem passar a receita corretamente e minha cebola acabou ficando com as pontas queimadas e o fundo formou uma crosta muito dura, porque pediam forno alto (250 graus). É uma receita fácil, uma massa deliciosa de se sovar e vou postar aqui a maneira correta de se fazer e ficar igual a capa da revista. Fiz meia receita:

  • 280 ml de água
  • 25 ml de azeite
  • 15 gramas de açúcar
  • 02 colheres de sopa fermento seco para pão
  • 01 colher sobremesa de sal
  • umas 500 gramas de farinha de trigo.

Coloque a àgua e o azeite para amornar. Misture todos os secos numa tigela e com auxilio de uma colher faça uma depressão e vá juntando a agua com azeite já morno. Começe a trabalhar a massa com as mãos de forma que fique sem grudar nas mãos. Polvilhe mais farinha ou mais liquido conforme necessário. Transfira a massa para a mesa ou mármore e sove mais um pouco.

Deixe descansar até dobrar de volume. Unte a assadeira só com azeite, coloque a massa esticada com um rolo (usei as mãos mesmo) com uns 02 cm de altura, fure com os dedos e regue com azeite. Polvilhe um pouco de sal grosso (usei sal argentino, mais fino que o sal grosso), alecrim (usei orégano fresco) e coloque no forno pré aquecido 180 graus. Quando estiver assado mas não corado (uns 20 minutos dependendo da espessura feita), coloque rodelas de cebola. Volte ao forno até corar toda a borda.

Sirva com azeite. Eu aproveitei o forno e assei alhos em papel aluminio com um pouco de sal grosso. Cada convidado se serve amassando o alho assado no azeite e passando na focaccia.

Atençao: a medida de agua foi corrigida

Escrito por Marcia Rosa
21 de setembro, 2008

Paella do meu jeito

Categoria: facil

Há muitas versões de paella, aqui no Brasil a mais divulgada é feita com frutos do mar, vagem ou ervilhas, pedaços de frango sem osso (uso filé de sobrecoxa sem pele)…É um prato para ser preparado aos amigos e familiares…É preciso começar cedo, comprando os frutos do mar e fazer toda a pre-preparação antes. Com o mis-en-place à mão, o tempo de prepará-lo é igual a de um arroz. A minha versão é diferente do preparo original, e não vou conseguir passar medidas porque esta receita foi feita no “olhômetro” para 16 pessoas. Na versão original todos os frutos do mar são refogados em azeite, coloca-se o arroz em forma de cruz e sem mexer muito acrescenta-se o líquido e o arroz fica meio al dente, com bastante azeite na superfície e bem úmido.
Minha versão:
  • Preparar um caldo com casca de camarão, cebola e alho poró. Coar e aquecer quando utilizar
  • Refogar em azeite os camarões grandes ou lagostins que irão enfeitar a paella. Reserve.Uso uma panela funda com tampa.
  • Refogar por uns 3 minutos os camarões menores sem casca e as lulas em anéis. Temperar só com sal. Reserve.
  • Refogar pedaços de frango temperado com sal, alho e limão. Acrescentar o arroz refogar e colocar a ervilha fresca (nunca usar lata) os vôngoles e marisco sem casca (não usei). Acrescentar o caldo, açafrão em pistilo importado e tampar a panela. Antes que seque, juntar tomate sem pele e sem semente bem picado, sal e todos os frutos do mar refogado (com exceção do camarão grande).Uso a panela de paella só para servir.
  • Asso pimentões vermelho e amarelo no forno, tiro pele e sementes e fatio fino. Deixe marinando no azeite.
  • Coloque o arroz pronto na panela de paella e enfeite com camarões grandes e os pimentões assados fatiados.
  • Para quem quiser mais detalhes, me envie um e-mail: marciarosa68@gmail.com
Escrito por Marcia Rosa
14 de setembro, 2008

Espaguete ao molho de calabreza

Categoria: massa

Existem pratos deliciosos mas complicados de se preparar…e existem pratos deliciosos e fáceis de se fazer…esta massa é um deles. Me inspirei numa versão que fazia com atum em lata e troquei o atum pela linguiça calabreza defumada. No restaurante é um sucesso e aqui vai a receita

  • 01 cebola ralada
  • 02 gomos de linguiça calabreza defumada fatiada fina e frita em panela com pouco óleo e escorrida em papel absorvente
  • 500 ml de creme de leite + 01 xic. de chá de leite
  • sal e pimenta do reino moida a gosto
  • 1/2 pacote de massa cozida em agua e sal

Refogue a cebola em pouco de oleo ou azeite, acrescente a linguiça e o creme de leite mais o leite. Deixe ferver um pouco, tempere com sal e pimenta. Jogue por cima da massa já cozida.

Escrito por Marcia Rosa
14 de setembro, 2008

Mousse de chocolate – passo a passo

Categoria: mousse

Existem várias receitas de mousse e vou passar aqui a técnica que aprendi no Japão. Na minha receita uso gelatina incolor para firmar, pois como vcs já sabem, sou a favor do uso mínimo de gorduras em uma receita. Há quem prefira mousses só a base de chocolate, ovos, creme e manteiga…tbém fica bom, porém na minha opinião mais enjoativo e engordativo…Na foto acima, está o ponto certo das gemas batida com açúcar, bem clarinho e fofo.
Enquanto bato as gemas com açúcar, coloca em banho maria o chocolate para derreter junto com o leite.
Junto o creme de gemas junto com o chocolate derretido e acrescento a gelatina dissolvida. Leve para gelar com auxilio de uma bacia com agua e gelo. Quando começar a firmar, acrescente o creme de leite fresco batido e as claras em neve.Abaixo o mousse já pronta. Coloque em taças individuais ou uma taça grande e leve para gelar. Decore com raspas de chocolate meio amargo.
Ingredientes:

  • 03 gemas com 03 colheres de sopa de açúcar
  • 300 gramas de chocolate meio amargo + 100 gramas de chocolate ao leite
  • 100 ml de leite
  • 01 envelope de gelatina incolor diluída em 1/2 xic. chá agua.
  • 250 ml de creme de leite fresco batido em ponto mais mole do que chantily
  • 3 claras em neve com 01 colher de sopa de açúcar.
  • licor de cacau ou 01 colher sopa de café coado. (opcional)
  • raspas de chocolate meio amargo para decorar.

O segredo de uma boa mousse é usar chocolate de boa qualidade, nunca use chocolate para banhar bombons, estes contém gordura hidrogenada na composição.

Sempre espere a mistura esfriar para acrescentar o creme batido e as claras.

Muitas pessoas não usam claras por medo da salmonella. Sempre digo que o mais importante é a procedência dos ovos, compre sempre com certificado, nunca em granjas caseiras e deixe de molho em água com um pouco de vinagre (não mata a bactéria, mas geralmente a casca vem com outras sujeiras que os olhos não vêem).Aproveito para dizer que a salmonella pode ser encontrada tbém em frangos e neste caso, nem cozinhando a bactéria vai morrer, pois ela resiste em até 130 graus ( a parte interna do frango cozido nunca chega a isso!)

Escrito por Marcia Rosa
14 de setembro, 2008

Escondidinho

Categoria: carnes

Outro dia navegando no blog da Simone, me inspirei a fazer o escondidinho de carne seca. Acho que quase todo mundo conhece este prato, muito fácil de preparar e o trabalho maior consiste em deixar a carne seca de molho por pelo menos 24 horas, trocando a água. Na minha versão fiz só com mandioca e todos que comeram adoraram.
Usei 1/2 quilo de carne seca, que depois de tirar o sal, cozinhei em panela de pressão por uns 30 minutos ou até que fique fácil de desfiar. Refogue em azeite a carne já desfiada com 01 cebola fatiada e cheiro verde. Reserve.

Cozinhe com agua e uma pitada desal uns 600gramas de mandioca sem casca. Deixe ficar bem cozida. Escorra e amasse com garfo ou passe pelo mixer ainda quente. Acrescentei 1/4 de xic de creme de leite fresco (pode ser o de caixinha) e 1/2 colher de sopa de manteiga.

Arrume em um refratário a carne seca, distribua por cima o purê de mandioca e polvilhe queijo ralado. Leve ao forno apenas para gratinar.

Escrito por Marcia Rosa
14 de setembro, 2008

Feijão e seus segredos

Categoria: Sem categoria


Fazer um feijão gostoso é fácil mas tem seus segredinhos que vou listá-los abaixo:

  1. Deixar de molho caso goste dele mais clarinho
  2. Colocar na água fervente, nunca fria, quando for cozinhá-lo (isso garante um caldo grosso)
  3. Fritar o alho até dourá-lo completamente e só depois acrescentar os grãos de feijão cozidos.
  4. Se quando abrir a panela de pressão, o caldo for pouco, nunca acrescente água fria, mas sim fervendo (senão o caldo volta a ficar escuro)

Eu uso a proporção de 4X1 ou seja 01 xic. de grãos de feijão para 4xic. de água fervente. Coloco umas 3 folhinhas de louro para cozinhar junto. Após a pressão começar a apitar conto uns 35 minutos. Uso 3 dentes de alho picado e 01 colher de café de sal. Também faço outra versão com cebola, tomate sem pele e sem sementes e finalizo com coentro picado. Só lembre-se que tudo com cebola tende a estragar mais rápido. Se for fazer um feijão sem deixar de molho, use a proporção de 6 x 1 (6 xicaras de água e 01 xic de feijão).

Tenho recebido muitas dúvidas em relação ao feijão e vamos lá….

  • feijão gostoso depende de grãos novos, clarinhos…as vezes não conseguimos comprar estes e aí o caldo tende a ficar mais escuro. Neste caso deixo de molho em agua fria ou água fervente (fervo a agua, desligo e coloco o grão). Deixo ali até incharem, escorro e faço o processo acima de cozimento.
  • Depois que ele estiver cozido, em outra panela, douro a cebola, o alho e então refogo os grãos de feijão. Coloco o caldo e deixo ferver até engrossar
  • Feijão de grãos novos, clarinhos, não precisam ficar de molho…cozinhe na proporção de 6×1 (6xic agua para 01 xic de grão).
  • Feijão que ficou de molho a proporção da agua é de 4×1 (4 xic agua e 01 xic de grão)
  • Independente se vai optar por deixar de molho ou não, pré selecione os grãos tirando alguns que não estiverem inteiros, eventualmente alguma pedrinha vem junto no pacote e só então lave bem em água corrente e escorra. Depois que deixar de molho só escorra e coloque para cozinhar. Não precisa lavar novamente.

Espero ter ajudado! abs

Escrito por Marcia Rosa
31 de agosto, 2008

Pão de batata recheado

Categoria: pães



Estava com desejo de comer um pãozinho macio, quentinho, com queijo, presunto e tomate. Como minha menina não come presunto, e a receita rendeu bem, recheei o outro com queijo, manjericão e uma pasta de ricota+requeijão light (limpando a geladeira, para não ficar nada pra segunda) e tomate. Ambos ficaram deliciosos, e não foi preciso sovar a massa, apenas a aparência não ficou das melhores, meio esborrachado dentro da assadeira…mas o segredo do pão de batata é este mesmo, acrescentar o mínimo de farinha de trigo, para ficar leve e gostoso!

  • 500 gramas de batata já cozida, descascada e amassada
  • 02 colheres de sopa de fermento seco para pão
  • 01 xic. chá de leite morno
  • 3/4 xic. chá de oleo de canola ou girassol
  • 02 colh. sopa de açúcar
  • 01 pitada de sal
  • 01 colher de sobremesa de manteiga
  • farinha o suficiente (usei cerca de 400gramas)

Coloque a batata amassada em uma tigela, vá acrescentando todos os ingredientes aos poucos, mexendo com auxilio de uma colher. A manteiga derreti junto com o leite no microondas. Depois de tudo combinado, vá polvilhando a farinha e mexendo com a colher. Deve parar de acrescentar a farinha, quando com o auxilio de um “pão duro” ele ir soltando das bordas da tigela. Cubra com pano e coloque perto de um local aquecido caso esteje baixa temperatura., até dobrar de volume.
Enquanto isso prepare o recheio e unte duas assadeiras.
Eu usei100 gramas de queijo mussarela fatiado e 100gr. de presunto. Piquei dois tomates, tirando as sementes e a pele e coloquei numa peneira com sal. Assim evita-se que o tomate solte água dentro do pão. Folhinhas de manjericão fresca e só.

Divida a massa em dois. Coloque com cuidado dentro da assadeira e polvilhe um pouco de farinha. Com as pontas dos dedos, vá “abrindo a massa” até ficar com a espessura de um dedo. Recheie a gosto (o meio da massa) e com cuidado feche ela. Faça o mesmo com a outra metade.
Passe gema por cima e leve ao forno por uns 25 minutos (180 graus). Sirva morno

Escrito por Marcia Rosa
31 de agosto, 2008

Bolinho de chocolate quente para comer com sorvete

Categoria: bolo


Fiz este bolinho à minha moda: pegando o que tinha na geladeira, indo contra todas as receitas que mandam colocar muita manteiga, não untei a forminha (aliás, não unto nenhuma forma, para bolos uso forma com fundo falso em alumínio e não faz diferença alguma), mas o resultado não ficou como o esperado. Queria ele mais cremoso por dentro….no final ficou fofinho, com aparência de um bolinho macio. Da próxima vez, acrescento o fermento, ou tiro a farinha para ver se muda a textura. Minha filha, meu marido e minha amiga adoraram…eu gostei, mas não superou minha expectativa. Mas é facil e rápido e com um pote de sorvete de creme faz uma sobremesa especial! Acho que tudo neste bolinho pode ser modificado sem grandes transtornos: o açúcar pode ser branco numa boa!

  • 200 gramas de chocolate meio amargo picado
  • 03 colheres de sobremesa de açúcar mascavo ( se gosta de doce, acrescente mais 01 colher)
  • 03 claras
  • 02 gemas (se quiser coloque as 3 gemas, acho que não fará diferença)
  • 20 gramas de manteiga (isso é quase nada perto de tantas outras receitas!)
  • 03 colheres de sopa de avelãs picadas (opcional)
  • 02 colheres de sopa cheias de farinha de trigo

Leve ao microondas o chocolate com mascavo até derreter. Misture as gemas, avelãs. Bata as claras em neve, coloque a mistura de chocolate e a farinha de trigo peneirada. Despeje em ramequins de louça (usei 05 tamanhos médios). Leve ao forno 180 graus por uns 15 minutos.
Sirva quente com sorvete de creme

Escrito por Marcia Rosa
Página 8 de 10« Primeira...678910