12 de abril, 2009

Orquidea….

Categoria: Sem categoria

Esta orquídea está na árvore do restaurante e todos os anos nos presenteia com flores. Pelo menos este ano ninguém resolveu pegá-la. Aqui no Brasil presencio cenas de roubo de flores como uma coisa comum. Pura falta de educação e respeito. Me lembro de morar no Japão e as flores e frutas estarem ao nosso alcance, mas para ser admirada com os olhos…

Escrito por Marcia Rosa
29 de março, 2009

Taharini com camarão ao perfume de limão siciliano by Due Cuocchi

Categoria: massa

Sabe aqueles dias em que você não quer sair de casa? Sábado a tardinha, sem nada na geladeira então lembramos da massa que comi no Due Cuocchi e ainda podia sentir o sabor na boca de uma massa simples, porém deliciosa. O segredo está no frescor dos ingredientes. Massa fresca, molho ao sugo preparado só com tomates à minha moda (veja a receita aqui), camarões, rúcula novinha…Fomos as compras e começamos o preparo. Enquanto meu marido preparava a massa (tbém postado aqui), eu preparava o molho e descascava o camarão…
Nesta receita, prepare a massa fresca ou use massa seca mesmo. Refogue rapidamente o camarão em azeite, tempere com sal e pimenta moída na hora e jogue raspas de um limão siciliano. Se gostar de mais azedinho, coloque também um pouco do suco do limão. Bastante salsinha picada. Reserve.
Monte o prato com a massa al dente, molho quentinho, os camarões refogados e por cima de tudo, folhas fresquinhas de rúcula lavada….por último, um toque de azeite extra-virgem….

Escrito por Marcia Rosa
23 de março, 2009

Categoria: Sem categoria

SELINHO


Fui convidada pela Angela para falar sete segredos de beleza…ui, acho que vou ter que me esforçar para falar sobre o assunto…Não sou uma pessoa vaidosa, mas como toda mulher, tenho uns cuidados básicos

Eis as regras:
escrever sete segredos de beleza seus, convidar sete parceiros/as de outros blogs para responder; comentar no blog de quem nos convidou, comentar no blog dos/as convidados/as, para que saibam da “convocação”, linkar o blog que te convidou no seu blog, no post em que você responder as perguntinhas, e mencionar as regras.

Meus “segredos” :

1 – Unhas bem feitas, para mim, são unhas limpas, aparadas…minha profissão não permite uso de esmaltes
2 – Lavo o rosto antes de dormir e há uns 04 anos passei a me preocupar em usar hidratantes específicos para a idade.
3 – Frequento o mesmo dermatologista há 14 anos e ele me passa a fórmula do filtro solar especifico para minha pele oleosa.
3 – Não gosto de frequentar cabeleireiro…só vou por pura necessidade
4 – Bebo muito água e chá verde durante o dia
5 – Tenho um acunpunturista amigo-irmão que me salva quando estou muito estressada…as agulhinhas funcionam como uma boa massagem, rsss.
6 – Maquiagem só em festas e casamentos…no dia a dia, só um gloss
7 – Depois de ter tido tudo (pressão alta, colesterol nas alturas, inicio de diabetes…) descobri o quanto atividade física é importante na vida. Faço musculação duas vezes por semana.

Em tempo: beleza é um estado de espirito...que mulher não fica bela quando está apaixonada?!!:D

Vou deixar este meme em aberto para quem quiser participar!

Escrito por Marcia Rosa
21 de março, 2009

Espaguete à moda do Ni

Categoria: massa

Este espaguete preparei num jantar surpresa para o aniversário do meu marido. Queria algo rápido, que pudesse ser servido como prato único e fosse leve e com um visual bonito. Minhas receitas são assim, imaginárias, vou pensando na combinação de ingredientes, na textura final e na apresentação…no final dá tudo certo! Arranquei elogios dos convidados e do aniversariante. Preparei um molho cremoso à base de iscas de filé de frango e creme de leite. À parte, refoguei aspargos frescos puxados na manteiga e tomatinhos cerejas. Na montagem do prato, coloquei bastante manjericão fresco!

Para o molho cremoso:

  • uns 03 pedaços de filé de frango cortado em iscas
  • 01 alho poró picado
  • 03 dentes de alho picados
  • 1/2 cebola roxa picada
  • 01 talo de salsão limpo e picado
  • azeite, sal, pimenta e caldo de galinha
  • 1/2 litro de agua quente
  • 01 colher de sopa de maisena diluida em 1/2 xic de agua fria
  • 300ml de creme de leite fresco ou de caixinha (não uso o de lata)

Refogue os temperos no azeite, acrescente o frango e deixe refogando tudo. Acrescente a água e deixe ferver. Engrosse com a maisena e por último acrescente o creme de leite.

Aspargos refogados:

  • refoguei em um pouco de manteiga 02 maços de aspargos frescos cortados na diagonal (despreze uns 04cm do final do talo / parte mais dura). Tempere com sal e pimenta. Quando estiver macio,
  • acrescente 1/2 caixa de tomatinho cereja cortados ao meio. Não cozinhe demais, para o tomate ficar com aparencia bonita

Na montagem: cozinhei ao dente 600gr de espaguete seco (não use oleo ou azeite, apenas bastante agua e sal). Jogue o molho, o refogado de aspargos, bastante manjericão fresco. Sirva imediatamente.

Escrito por Marcia Rosa
16 de março, 2009

Categoria: Sem categoria

Este selinho ganhei de duas amigas: Angela e Débora. Obrigada meninas, pela lembrança!

Escrito por Marcia Rosa
11 de março, 2009

Meme

Categoria: facil

A Lourdes da Cozinha da Lu (http://malusabioni.blogspot.com/) mandou-me esta brincadeirinha com um Meme. As regras são as seguintes :
1- Linkar a pessoa que te indicou
2-Escrever as regras do Meme
3-Contar 6 coisas aleatórias sobre você
4-Indicar mais 6 pessoas com seus links
5-Deixar a pessoa saber que você a indicou com um comentário pra ela
6-Deixar os indicados saberem quando você publicar a postagem
Bom, vamos lá:

1- Começei a trabalhar com 17 anos a contra gosto dos meus pais. Aos 20, fui sozinha morar no Japão para trabalhar e tentar realizar meu sonho que era estudar na Europa (aí conheci meu marido e…meu destino mudou de rumo!)

2-Aos 6 anos me queimei gravemente tentando coar um chá…e aos nove já sabia bater bolos.

3-Sou apaixonada por decoração, desde a época em que trabalhava numa construtora.

4-Hoje, não troco meus 40 anos por nada! O amadurecimento me fez uma pessoa mais tranquila, e aprendi a curtir a vida nas pequenas ações do dia a dia

5-Tenho mania de caixas: tamanhos, formatos e cores diferentes para organizar tudo, com direito a P-touch (máquina para imprimir etiquetas de identificação)

6-A primeira vez que frequentei um curso de culinária, era sobre comida chinesa, dada pelo Sérgio Arno, há exatamente 25 anos atrás!

Agora passo a bola para minhas amigas

Escrito por Marcia Rosa
8 de março, 2009

Bolo aos dois chocolates e amêndoas para NÓS MULHERES NO NOSSO DIA!

Categoria: bolo

Dia 08 de março, dia internacional da Mulher….meu presente é este bolo que fiz no restaurante e faz parte das receitas do Bolo de Colher (um bolo macio, úmido, com bastante recheio cremoso…pego às colheradas para se servir). Por isso ele está dentro de um refratário, mas pode ser servido no prato, desde que esteja bem gelado e seja montado um dia antes em forma desmontável para depois ser finalizado. É uma receita elaborada, com tudo de bom: chocolate branco, chocolate preto, amêndoas e calda de chocolate…hummm…cura qualquer TPM!
Massa:

  • 06 ovos
  • 01 xic. chá açucar
  • 1/2 xic agua morna
  • 01 xic. chá chocolate em pó 50% cacau
  • 02 colheres de sopa de óleo
  • 1 1/2 xic. de farinha de trigo fermentada peneirada

Bater os ovos com açúcar por 15 min. em batedeira. A parte misturar agua+choc. pó+óleo.
Alternar a farinha e a mistura liquida de chocolate dentro da vasilha de ovos batidos, misturando delicadamente “de baixo para cima” com espatula de silicone. Assar em forma de 25cm. desmontável por 40 min. em forno médio 180graus (pré aquecido). Retirar fazendo o teste do palito para ver se está assado. Deixar esfriar completamente.

Para umedecer o bolo:

  • 1/2 lata de leite condensado
  • 1/2 xic. de chá de guaraná

misture bem e reserve para utilizar.

Creme de chocolate branco:

  • 200 gramas de chocolate branco
  • 150ml de creme de leite em caixinha
  • 01 colher de sopa de licor de cacau
  • 02 gema + 01 colher de sopa de açúcar batido com fouet até “esbranquiçar”

Leve ao banho maria o chocolate com creme de leite até derreter. Acrescente as gemas batidas e misture delicadamente. Por último, o licor. Leve para gelar. Dependendo da marca do chocolate, este creme pode ficar mole. Neste caso, utilize gelatina incolor para firmar.

Ganache de chocolate preto:

  • 500 gramas de chocolate meio amargo
  • 200 gramas de creme de leite de caixinha

Derreta em banho, divida em 02 partes …metade será para a cobertura e a outra metade para o recheio.

Recheio de chocolate preto:

  • ganache
  • 02 gemas + 01 colher de sopa de açúcar
  • 50ml de leite integral
  • 60 gramas de amêndoas sem pele picado
  • 01 colher de sopa de licor de cacau
  • 1/4 lata de leite condensado

Coloque o ganache em banho maria. Bata as gemas com o açúcar com a batedeira até clarear. Misture com o ganache, acrescente o leite, leite condensado…retire do banho maria. Acrescente o licor e as amendoas, leve para gelar.

Cobertura:

  • ganache frio ( não gelado!)
  • 150 ml de creme de leite fresco batido para chantily.

Misture tudo com fouet até a mistura ficar homogenea.

Montagem:
Corte o bolo em duas partes. Vá montando de volta na forma desmontável (etapa importante!)
Coloque uma camada do bolo, umedeça. Coloque o recheio de chocolate preto. Outra parte do bolo, umedeça. Coloque o recheio de chocolate branco. Outra parte do bolo, umedeça. Deixe pelo menos 04 horas na geladeira para depois desenformar.
Cubra com a cobertura, decore com raspas de chocolate preto, calda de chocolate (uso uma colher de sopa de ganache pronto com 1/2 colher de sopa de água, bem misturado) e amêndoas sem pele para enfeitar.

Escrito por Marcia Rosa
27 de fevereiro, 2009

Macarrão caseiro

Categoria: massa

A revista Menu deste mês traz na capa uma massa feita no restaurante Due Cuochi do chef Paulo Barros. Há alguns anos atrás, logo que voltou ao Brasil ele saiu na revista Gula como um chef (cozinheiro como gosta de ser chamado) promissor. Sua foto não me deixou boas lembranças. Ele estava em cima de um balcão e com uma mão segurava uma coca-cola e a outra um cigarro….barba por fazer, relógio no pulso…aquela foto me causou uma má impressão…Mas hoje ele é referência em massas frescas e resolvi experimentar…Desta vez, registrei na memória apenas o sabor maravilhoso de uma massa com molho de tomate fresco, camarões ao perfume de limão e folhas frescas de rúcula. Já tinha feito massa caseira antes, mas não com semolina como manda a receita dele. Posso dizer que é trabalhoso, faz sujeira, precisei de ajuda mas o sabor compensa tudo!

  • 300 gr de semolina
  • 60 gr de farinha de trigo (usei grano duro)
  • 05 gemas de ovo caipira (usei 05 gemas comuns + 02 ovos inteiros)

Amassar tudo, descansar 15minutos e depois utilizar o cilindro para abrir. Eu precisei passar várias vezes no cilindro até a massa ficar uniforme. Depois corte a gosto e coloque para cozinhar com bastante água e sem óleo (a gordura impede que a massa absorva o molho). Para o molho descongelei o molho de tomate que preparo em casa e já postei aqui no blog e temperei com azeite, alho, sal e manjericão.
Também aproveitei e recheei um pouco da massa com queijo e o legal é que com o cilindro dá para deixar a massa beeem fininha e a semolina a deixa bem al dente, sem se desfazer.
Esta é a máquina que tenho há 15 anos e de agora em diante vai ganhar um lugar de destaque na cozinha!

Escrito por Marcia Rosa
24 de fevereiro, 2009

Risoto de aspargos frescos e cogumelos

Categoria: risoto

Tinha em meu armário um pacotinho de arroz preto (marca Ruzene) esperando por uma oportunidade para prepará-lo. Aproveitei que as crianças não estavam e lá fui eu toda cheia de vontade de experimentar o tal arroz…Pensei em algo tipo um risoto, com aspargos e cogumelos, um toque de limão siciliano…Comecei pelo caldo inspirada no Curtis Stone:

  • 01 kg de drumette (coxinha da asa)
  • 01 cebola roxa cortada em quatro
  • 01 talo de salsão
  • 01 talo de alho poró (use a parte branca)
  • ramos de tomilho fresco e 02 folhas de louro

Refogue o frango em azeite até dourar…acrescente os temperos, cubra tudo com água fervente (uns 2,5 litros) e deixe cozinhar até reduzir pela metade…durante este tempo vá retirando com a escumadeira a espuma que forma na superfície.

A parte refoguei 01 maço de aspargos frescos e um punhado de cogumelos paris na manteiga. Temperei com sal e pimenta moida na hora.Por último, acrescente suco de meio limão siciliano.Reserve e utilize no final do cozimento do arroz.
Refoguei o arroz preto com azeite, alho e fui fazendo tipo um risoto, acrescentando o caldo preparado. Reparei que o arroz não tem amido…depois de uns quinze minutos cozinhando e praticamente crú, resolvi olhar a embalagem…Recomendavam 30 minutos em panela de pressão! Resumindo: coloquei o arroz na pressão, abri umas 02 vezes com medo do caldo ter secado e queimar o arroz e ao final de 01 hora dentro da pressão, o resultado foi este abaixo:
arroz al dente, com grãos de tamanhos iguais de quando estavam crús. Neste meio tempo, percebi que o arroz preto não combinaria com o aspargos e acabei fazendo um risoto tradicional com o arroz arbóreo :) :) (decisão acertada!)
Para acompanhar, um ovo poché e gotas de azeite. Devo confessar que o arroz preto foi para o freezer e vai virar uma salada em outro dia. Não devo comprá-lo mais: é pelo menos dez vezes mais caro que o arroz comum, seu sabor não surpreende, não rende, não cresce e demora para ficar pronto. Na embalagem vem a descrição de todas as vitaminas que tem, o baixo valor calórico e sua história...para quem acha que vale a pena…Em compensação, o risoto com arbóreo ficou divino e o frango do caldo coloquei para assar no forno e ficar com a pele crocante. A vida é assim mesmo: tem que pagar pra ver!

Escrito por Marcia Rosa
14 de fevereiro, 2009

Peixe grelhado aos dois molhos

Desde a adolescência sonhava em andar de balão…um dia comentando com meu marido aguçei nele a sua vontade tbém (apesar da sua vertigem por altura!) Achei no google a empresa do Ivan, que faz passeios em Piracicaba (interior de SP). Depois de uma tentativa frustrada, pois a chuva veio mesmo que a previsão dizia o contrário, enfim consegui realizar meu sonho. O vôo sai cedinho (7:00hs), quando o tempo permite e ao final do passeio está incluso um delicioso café da manhã (onde pousar o balão) tipo piquenique com broas, geléias, suco, café e…champagne (ou melhor, prosecco), afinal a idéia do passeio de balão começou na França e hoje é comum comemorar o pouso com a bebida.
Na avenida que beira o Rio em Piracicaba há vários restaurantes que servem peixes grelhados com acompanhamentos, um lugar maravilhoso para se sentar e comer…se não fosse pelos mosquitos de montão que insistem em querer dividir a refeição com vc. Então desta vez, o próprio Ivan nos levou a uma peixaria local e comprei este peixe para preparar me casa mesmo.

Chama-se peixe Filhote, comum das águas do Amazonas.É uma posta de peixe bem grande e alta, com uma carne em branca e gordurosa. Por isso, resolvi apenas passar sal e grelhar em panela antiadearente com um pouco de azeite.


No fim, coloquei rodelas de limão siciliano que depois de cozidos deram um perfume e sabor maravilhoso ao peixe

Fiz dois molhos para acompanhar: um vinagrete de cebola roxa, tomate pelado, coentro, vinagre de mel e azeite. Outro um molho rosé simples: maionese + catchup

Servi o prato com arroz branco e salada verde.
Escrito por Marcia Rosa
4 de fevereiro, 2009

Pizza de escarola

Categoria: massa

Minhas duas filhas não comem pizza então eu e meu marido só vamos a uma pizzaria quando estamos só nós. Em casa pedia o delivery, mas não adianta…a pizza chega morna, às vezes com a massa meia mole e o pior, aquele montãaoooo de queijo brotando óleo por todo lado…(o queijo é tão ruim que quando esfria, vira uma borracha)…

Meu marido disse que desta vez eu ia “judiar” de quem passasse por este blog…modéstia à parte, depois de várias tentativas “mais ou menos”, desta vez a pizza ficou perfeita…bom, pelo menos ao nosso paladar. Massa fininha, bem assada mas macia, com recheio na medida certa…Tenho em mim como boa capricorniana que sou a persistência e a vontade de fazer sempre melhor. Aí vou alterando medidas, modo de preparo, até chegar onde quero. Desta vez chegou e agora divido com vcs a receita.

  • 02 xic. de chá (200ml) de farinha de trigo
  • 01 colher de sopa de açúcar
  • 01 colher de sopa de fermento biológico seco
  • 01 pitada de sal
  • 150ml de agua morna + 10 ml de azeite (este líquido varia conforme a farinha, se achar a massa seca, jogue mais um pouco)

Misture tudo, sove por uns 02 minutos (fica uma massa boa de trabalhar, que não gruda nas mãos) coloque para crescer por 30 min. Enquanto isso prepare o recheio:

  • 01 escarola lavada e cortada grosseiramente
  • mussarela a gosto (cerca de 200gr) fatiada
  • parmesão ralado na hora a gosto
  • azeite e 02 dentes de alho picado
  • sal

Refogue a escarola em azeite e o alho picado. Tempere com sal e deixe a escarola murchar. Coloque em uma peneira para escorrer o líquido e esfriar. Ligue o forno a 200 graus e deixe esquentar…

Polvilhe farinha de trigo em uma base de mármore e estique a massa no formato que desejar…eu prefiro a massa bem fininha, se optar por mais grossa, leve ao forno para dar uma pré assada (6minutos)
Não usei molho de tomate, coloquei a escarola refogada, a mussarela, um pouco de parmesão e forno…Quando a massa estava assada, mas não corada, e o queijo já derretido, coloquei rodelas de tomate e azeitonas pretas (assim o queijo derrete por igual, sem ficar aquelas “marcas” do tomate) Voltei ao forno na função elétrica para gratinar (cerca de 3 minutos)
Boa pedida para um sábado à noite!

Escrito por Marcia Rosa
1 de fevereiro, 2009

Aniversário de 01 ano!

Categoria: Sem categoria


Dia 29 de janeiro meu blog fez 01 aninho de vida! Tudo começou num dia em que estava procurando por uma receita no google e caí no blog da Bia...e daí para o da Akemi. Sempre digo que foram as duas que me inspiraram a montar o meu. Me apaixonei pelas receitas, o modo de interagir e a possibilidade de registrar e ensinar um pouco do que aprendi ao longo destes anos trabalhando com restaurante. No ínicio comecei devagar, apenas registrando algumas receitas que os clientes me pediam, mas aos poucos fui interagindo com outros blogs, e tendo vontade de registrar o que faço em casa também. No final do ano passado, montei o blog Bolo de Colher, agora este sim, só com receitas feitas no restaurante.
Aproveito para agradecer a todos que por aqui passam, deixando ou não comentários e dizer que tem valido muito a pena estar na blogsfera, seja pelos amigos conquistados ou por tudo que aprendi com outros blogs. Ofereço à todos um pedacinho deste bolo que fiz, mas a decoração ficou por conta de uma funcionária, que tem o dom de transformar frutas nestas graciosas decorações!

  • Pão de ló simples, recheado com chantily e frutas picadas (morango, kiwi e pessegos), coberto com chantily, castanhas de caju trituradas (xerém) e decorado com frutas.
Escrito por Marcia Rosa
25 de janeiro, 2009

Meu bolo de limão ,fofinho e úmido.

Categoria: bolo

Estou na fase boleira aqui em casa. Domingo à tarde, minha casa tem perfume de bolo assando e café sendo coado. Hoje fiz o de fubá que virei fã e as crianças adoram e havia comprado limão siciliano, pensando num bolo macio, úmido contrastando o doce e o azedinho da fruta. Pesquisei algumas receitas, mas todas vão manteiga e o uso da batedeira. Resolvi inventar uma receita com ingredientes que tinha em casa e o resultado foi este:
Levei menos de 05 minutos para prepará-lo, mais o tempo de assar. Meu marido adorou e já foi para a lista dos favoritos. Coloque no liquidificador, nesta ordem: para xic de 200ml

  • 03 ovos extras temperatura ambiente
  • 3/4 xic. de oleo de girassol
  • 1/2 xic de creme de leite fresco
  • 1/2 xic de leite semidesnatado
  • 1 1/2 xic. de açúcar (usei cristal orgânico)
  • 01 xic de fécula de batata

Bater tudo por 01 minuto. Coloque em uma vasilha e coloque aos poucos 01 e 1/4 xic de farinha de trigo peneirada, raspas da casca de 01 limão siciliano bem lavado, 02 colheres de sobremesa de suco do limão, mais 01 colher sobremesa de fermento em pó. Coloque em forma untada em forno pré aquecido 180 graus por uns 40minutos, ou fazendo o teste do palito, saia limpo.
Calda para umedecer:

  • suco de 1/2 limão siciliano e 1/2 limão tahiti. Isto deve resultar em 50ml de liquido. Acrescente 01 xic de açúcar branco e 03 colheres de sopa de água filtrada. Misture tudo e jogue por cima do bolo ainda quente.
Escrito por Marcia Rosa
24 de janeiro, 2009

Categoria: entrada

Puxa, olhando no meu álbum virtual, vi quantas fotos tenho de pratos feitos esperando um tempinho para ser postado…Vou aproveitar que estou só, o maridão foi com as crianças jogar boliche e eu resolvi descansar depois de um dia puxado com um evento. Aproveitando que em Sampa já não se sabe se faz calor ou frio, vou postar um caldinho, cremoso feito com o creme de milho Carajara (o nome é feio, mas o fubá é muito bom!). Simples, tem gostinho de comida de mãe, no ponto para matar aquela fomezinha de fim de noite. O charme fica por conta da couve frita, que se comida logo, faz um croc croc e combina bem com a sopa.
Prepare primeiro o caldo de frango:

  • Coloque 01 peito de frango (usei só o filé), 03 litros de água, 01 cebola roxa, 01 talo de alho poró e 01 talo pequeno de salsão. Coloque em fogo médio e deixe reduzir um pouco para tomar gosto. Coe, desfie o frango e reserve o caldo.
  • Refogue com azeite uns 02 dentes de alho, coloque o frango e tempere com sal a gosto. Coloque o caldo e deixe ferver. (o meu caldo rendeu cerca de 02 lts)
  • A parte dissolva 05 colheres de sopa de fubá em 400ml de água fria. Vá jogando no caldo quente e mexendo sempre. Reduza o fogo e deixe cozinhar por uns 8min.
  • Prove o sal e jogue um pouco de salsinha picada.

Para a couve:

  • Lave bem algumas folhas de couve e corte bem fininho. Seque com papel toalha.
  • Aqueça em uma panela média 01 xícara de chá de óleo e 1/2 xic. de chá de azeite. Coloque a couve para fritar, tomando cuidado para o óleo não estar muito quente. Quando a couve começar a ficar crocante, escorra em papel absorvente e sirva sobre o caldo de fubá.

Bom apetite!

Escrito por Marcia Rosa
15 de janeiro, 2009

Bolo de fubá da mãe do Aldo

Categoria: bolo

O fubá que usei e veio da Bahia. Pena não vender por aqui…maravilhoso!!!

Tinha ganho um fubá da feira de Santana BA e quem me deu disse que era especial….minha sogra faz um bolo de fubá maravilhoso mas aqui em casa não tenho batedeira (pasmem!!! sabe aquele ditado: “em casa de ferreiro o espeto é de pau?”) e então navegando no blog da Laila, achei tudo que queria: um bolo fácil, fofinho, feito só no liquidificador. A receita original foi postada pela querida Akemi (saudades!) e eu acabei fazendo umas modificações com o que tinha em casa.
Só posso dizer obrigada meninas, ficou maravilhoso. Usei xicara de 200ml

  • 02 ovos grandes
  • 1 1/2 xic de açúcar (usei o cristal)
  • 3/4 xic. óleo
  • 1 1/4 xic. de leite (usei semi desnatado)
  • 1 1/2 xic de fubá Carajara (a receita original pede só 01 xic.)
  • 1 1/2 xic de farinha de trigo ( a receita original pede só 01 xic)
  • 01 colher sobremesa de fermento em pó

Bater os ovos e ingredientes liquidos no liquidificador. Vá incorporando a farinha, o fubá e o fermento. Pare de bater e coloque em forma de furo untada com manteiga e farinha de trigo. Leve ao forno pré aquecido 180 graus por 50 minutos mais ou menos. Delicie-se com uma xícara de café!

Escrito por Marcia Rosa
Página 6 de 10« Primeira...4567810...Última »