24 de agosto, 2008 em bolo

Bolo de castanha do pará e calda de manga


Estive no evento Paladar, no Grand Hyatt Hotel (S.P.) fazendo um curso de sobremesas com frutas brasileiras. Estava lá a chef Maria do Céu Athayde (ilha do Marajó) e fez o bolo de castanhas do pará com calda de manga. O bolo dela não ia farinha, apenas as castanhas que não podiam ser trituradas, mas sim, raladas. A calda era quase uma geléia, bem doce. Como sempre, quando resolvo fazer uma receita ela nunca está em minhas mãos.
Resolvi improvisar e fazendo jus ao nome do blog, uso o mínimo de manteiga numa e para ficar bom, a quantidade de ovos é maior, e o próprio óleo das castanhas já fazem o bolo não ficar seco. Para a calda, eu tinha uma quantidade de mangas em pedaços (sem casca) no freezer e resolvi aproveitá-las. A combinação é muito boa e como disse meu amigo, é um bolo maravilhoso para acompanhar um bom chá.

  • 05 ovos inteiros
  • 01 xic. chá cheia de açúcar
  • 40 gramas de manteiga
  • 1/4 copo (usei copo de 300 ml) de leite + 02 colh. sopa óleo
  • 01 xic. chá cheia de castanhas do pará trituradas + 01 pouco para jogar por cima
  • 1 xic. chá + 01 colher de sopa de farinha de trigo fermentada

Bata os ovos com açúcar por uns 15 minutos na batedeira. Com uma espátula, vá peneirando a farinha e mexendo de baixo para cima com carinho. Leve o leite com óleo e a manteiga no microondas para esquentar e derreter a manteiga.
Acrescente o líquido à massa, mexa e por último as castanhas.
Coloque em forma de fundo falso (22cm) e leve ao forno moderado por uns 40 minutos ou até corar bem. Depois de frio, o bolo abaixa um pouquinho.
Calda de manga:

  • Levei pedaços de manga com açúcar ao fogo até ficarem macias.
  • Bater no liquidificador e passar pela peneira. Voltar ao fogo se estiver muito “rala”

A proporção de manga e açúcar, dependem muito se a fruta está ou não doce e o gosto pessoal de cada um. Começe com pouco açúcar, pois depois de cozido o sabor da manga apura-se.
Montagem:
Corte o bolo ao meio, passe uma camada de calda, bolo outra camada de calda e por último, um pouco de castanhas trituradas.


Escrito por Marcia Rosa


4 Comentários em “Bolo de castanha do pará e calda de manga”

  1. Natural Naturalmente em 25/08/08 escreveu:

    Marcia, o bolo deve ter ficado uma maravilha, ADOREI, a fotografia esta linda.
    Sabe, deve ser do nome, eu nunca faço as receitas exatamente como vem descritas, invoco sempre a minha “avó india”, para dar um toque pessoal. Normalmente resulta sempre.
    Boa semana
    Márcia

  2. Nana em 25/08/08 escreveu:

    Vou copiar a tua receita!!
    Adorei tudo.
    Esta de parabéns.
    bjs

  3. Akemi em 29/08/08 escreveu:

    Marcia, que delícia este curso que vc foi! A degustação deve ter sido melhor ainda mas sua versão mais light me conquistou! Manga com castanha do pará??? Que luxo de combinação! Bjs

  4. Marcia Rosa em 31/08/08 escreveu:

    Má, o bolo ficou muito bom mesmo, mas essa de invocar a “avó india” é novidade para mim…será que faz milagres? rsrsrs

    Nana, tbém adorei seu cantinho, faça a receita e depois me conta

    Akemi,fazia tempo que eu não ia a um curso com degustação…este foi tudo de bom, com quatro chefs, entre eles Carla Pernambuco e Marc Le Dantec, esta versão menos calórica não deixou a desejar…
    Bjs



Deixe uma comentário


Os comentários são moderados. Por favor, sem palavras feias.

Você pode usar:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>