21 de agosto, 2008 em facil

Adorei a idéia da Simone de unir música e comida. Me pareceu um concurso “livre”, alguns blogs postaram a receita “combinando” com a letra da música, outros relacionaram a música ao momento em que degustaram o prato…enfim, eu adoro vários tipos de música, mas queria mesmo era postar uma receita com BANANA. Minha relação com a fruta é meia esquisita, não gosto dela in natura, mas sou apaixonada por ela em bolos e sobremesas.

Na minha infância, lá pelos meus 5 anos, estava almoçando com a minha família em um clube e de sobremesa pediram sorvete de…banana! Eu fiz cara feia, bati o pé, dizia que não gostava de banana…o sorvete veio em uma grande bola, na taça, coberto com uma fina camada de chantily envolvendo toda a bola. Minha mãe fez questão que eu experimentasse pelo menos uma colher…HUMMMM, o sabor era divino, parecia banana caramelada, mas não quis dar o braço a torcer e não tomei o sorvete. É engraçado como um sabor pode marcar tanto em nossa memória. Por conta deste fato, um dia na falta de morangos resolvi inventar o merengue de bananas carameladas. É super fácil de fazer e deixo alguns minutinhos no freezer, para comer geladinho.Também já fiz o sorvete de banana, mas a receita já é mais elaborada, envolve máquina, etc…

Bom, hoje já beirando os 40 anos, sou bem mais “flexivel”, adepta a experimentar todos (ou quase todos!) os tipos de comidas, novos sabores, frutas regionais…Me sinto na exata “meia vida” vivida, mas cheia de sonhos e objetivos ainda por conquistar. A música que escolhi é do Titãs, “Epitáfio”aquela que a letra em sí já é uma lição de vida, no qual muitas vezes só aprendemos a praticar tarde demais. Eu, há alguns anos coloquei a letra no painel do escritório, e convido todos a curti-la.

Epitáfio (Sérgio Britto / Titãs)

“Queria ter amado mais, ter chorado mais, ter visto o sol nascer….

Devia ter arriscado mais e até errado mais
ter feito o que eu queria fazer
Queria ter aceitado as pessoas como elas são
cada um sabe a alegria e a dor que traz no coração”…

O acaso vai me proteger
enquanto eu andar distraido
o acaso vai me proteger
enquanto eu andar

“Devia ter complicado menos, trabalhado menos
ter visto o sol se pôr
Devia ter me importado menos, com problemas pequenos
Ter morrido de amor
Queria ter aceitado a vida como ela é
A cada um cabe alegrias e a tristeza que vier”

O acaso vai….


  • 3 bananas nanicas maduras porém firmes cortadas em rodelas de 2cm
  • 2 xic. chá de açúcar
  • 1/2 xic. chá de agua
  • 01 colher de café de cravo / 01 canela em pau
  • suspiros (industrializados)
  • 300 ml de creme de leite fresco + 02 colh.sopa de açucar
  • 100 gr de chocolate amargo + 100 ml de creme de leite

Modo de fazer
Leve ao fogo o açúcar para caramelizar. Quando estiver dourado coloque a água e deixe incorporar. Acrescente o cravo, canela e as bananas. Mexa com cuidado e cozinhe por uns minutos sem deixar a banana desmanchar.
Bata o creme de leite fresco gelado com o açúcar na batedeira até virar chantily.
Leve o chocolate com creme ao microondas até derreter e formar o ganache.

Montagem:
Em uma taça, “suje” as laterais com o ganache. Forre o fundo da taça com suspiros, coloque o chantily e por último as bananas carameladas já frias. Esta sobremesa deve ser comida no dia por causa dos suspiros.


Escrito por Marcia Rosa


2 Comentários em “”

  1. Simone Izumi em 24/08/08 escreveu:

    AAAiiii, eu também amooo bananas em sobremesas!!!
    Adorei a sua sugestão e a escolha da música nao poderia ser mais feliz!!!
    Ficou muito legal!
    Muito obrigada pela participação , Márcia!!Boa sorte no concurso!!
    Ahnn,um dia ainda vou dar uma passadinha no seu restaurante!!!que chique.
    bjooos

  2. Silvinha em 6/09/08 escreveu:

    Agora que vc ja toma sorvete de banana, qdo tiver uma oportunidade (se vc ainda não conhece, claro) experimente o Banoffe da Häagen-Dazs, é delicioso!

    X)



Deixe uma comentário


Os comentários são moderados. Por favor, sem palavras feias.

Você pode usar:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>